Util

Camandos SQL

bd

ABORT — aborta a transação corrente
ALTER GROUP — inclui ou exclui usuários em um grupo
ALTER TABLE — altera a definição da tabela
ALTER USER — altera a conta de um usuário do banco de dados
ANALYZE — coleta estatísticas sobre um banco de dados
BEGIN — inicia um bloco de transação
CHECKPOINT — força um ponto de controle no log de transação
CLOSE — fecha o cursor
CLUSTER — agrupa uma tabela de acordo com um índice
COMMENT — cria ou altera o comentário de um objeto
COMMIT — efetiva a transação corrente
COPY — copia dados entre arquivos e tabelas
CREATE AGGREGATE — define uma nova função de agregação
CREATE CONSTRAINT TRIGGER — define um novo gatilho de restrição
CREATE DATABASE — cria um banco de dados novo
CREATE FUNCTION — define uma nova função
CREATE GROUP — define um novo grupo de usuários
CREATE INDEX — define um índice novo
CREATE LANGUAGE — define uma nova linguagem procedural
CREATE OPERATOR — define um novo operador
CREATE RULE — define uma nova regra
CREATE SEQUENCE — define um novo gerador de seqüência
CREATE TABLE — define uma nova tabela
CREATE TABLE AS — cria uma nova tabela a partir do resultado de uma consulta
CREATE TRIGGER — define um novo gatilho
CREATE TYPE — define um novo tipo de dado
CREATE USER — define uma nova conta de usuário do banco de dados
CREATE VIEW — define uma nova visão
DECLARE — define um cursor
DELETE — exclui linhas de uma tabela
DROP AGGREGATE — remove uma função de agregação definida pelo usuário
DROP DATABASE — remove um banco de dados
DROP FUNCTION — remove uma função definida pelo usuário
DROP GROUP — remove um grupo de usuários
DROP INDEX — remove um índice
DROP LANGUAGE — remove uma linguagem procedural definida pelo usuário
DROP OPERATOR — remove um operador definido pelo usuário
DROP RULE — remove uma regra
DROP SEQUENCE — remove uma seqüência
DROP TABLE — remove uma tabela
DROP TRIGGER — remove um gatilho
DROP TYPE — remove um tipo de dado definido pelo usuário
DROP USER — remove uma conta de usuário do banco de dados
DROP VIEW — remove uma visão
END — efetiva a transação corrente
EXPLAIN — mostra o plano de execução de uma instrução
FETCH — busca linhas de uma tabela usando um cursor
GRANT — define privilégios de acesso
INSERT — cria novas linhas na tabela
LISTEN — escuta uma notificação
LOAD — carrega ou recarrega um arquivo de biblioteca compartilhada
LOCK — bloqueia explicitamente uma tabela
MOVE — posiciona o cursor em uma determinada linha da tabela
NOTIFY — gera uma notificação
REINDEX — reconstrói índices corrompidos
RESET — atribui a um parâmetro de tempo de execução o seu valor padrão
REVOKE — revoga privilégios de acesso
ROLLBACK — aborta a transação corrente
SELECT — retorna linhas de uma tabela ou de uma visão
SELECT INTO — cria uma nova tabela a partir do resultado de uma consulta
SET — muda um parâmetro de tempo de execução
SET CONSTRAINTS — especifica o modo de restrição da transação corrente
SET SESSION AUTHORIZATION — define o identificador do usuário da sessão e o identificador do usuário corrente, da sessão corrente.
SET TRANSACTION — define as características da transação corrente
SHOW — mostra o valor de um parâmetro de tempo de execução
TRUNCATE — esvazia a tabela
UNLISTEN — pára de escutar uma notificação
UPDATE — atualiza linhas de uma tabela
VACUUM — limpa e opcionalmente analisa o banco de dados

Caso precise de exportar vários arquivos xml para um única planilha do excel siga os passos abaixo.

If you have Adobe Acrobat, you can create a spreadsheet from form data:
1. Choose File > Form Data > Create Spreadsheet From Data Files.
2. Click Add Files, select one or more files that have a file name extension of .xml, .fdf, .pdf, or .xfdf, and then click Select. (Repeat this step if you want to add more files to the list.)
3. If you want to remove a file from the list, select the file and click Remove Files.
4. Click Export.
5. Select a location on your computer to save the spreadsheet, and then click Save. The Create Spreadsheet dialog box displays Done! when Acrobat has created the spreadsheet.
If you want to open the spreadsheet file in your default application, click View File Now; otherwise, click Close Dialog.

Fonte: http://www.htmlstaff.org/postgresqlmanual/sql-abort.html

Videos Bem legais para apreender Inglês

32 ou 64 Bits, qual versão do Windows escolher?
Equipe PC World
07-10-2010

Principal diferença está na quantidade de memória RAM que pode ser utilizada pelo computador
O Windows 7 está disponível em várias versões: Home Basic, Home Premium, Professional e Ultimate. Mas algumas destas versões vem com dois DVDs de instalação na caixa: um para sistemas de “32 Bits” e outro para sistemas de “64 Bits”. E agora, qual deles instalar no computador?

A diferença está no modo de operação do processador de seu computador. Até pouco tempo atrás, os processadores da “família x86” (que engloba modelos da Intel e AMD) só eram capazes de operar em 32 bits. A principal limitação desse modo é a quantidade de RAM com a qual o computador pode lidar, 4 GB.

Isso era uma enormidade alguns anos atrás, mas hoje em dia não é incomum encontrar máquinas com essa quantidade de memória no mercado a preços bastante acessíveis. Muita RAM é algo desejável especialmente entre os profissionais, que precisam lidar com vídeos, imagens, planilhas de cálculo e bancos de dados cada vez maiores.

Processadores mais modernos, de 64 Bits, são capazes de lidar com muito mais memória: o limite atual é de 256 Terabytes, e pode chegar a até 2 Petabytes (um petabyte equivale a 1024 terabytes, e cada terabyte a 1024 gigabytes). Mas só o processador não basta, é necessário que o sistema operacional também opere em modo 64 Bits para tirar proveito de toda a memória.

Portanto, a resposta vem em duas partes. Se você não pretende instalar 4 GB de RAM (ou mais) em seu computador, fique com a versão de 32 Bits do Windows. Mas se você precisa de muita RAM, vá de 64 Bits. Vale lembrar que um Windows de 64 Bits ainda é capaz de rodar programas de 32 Bits, então na maioria dos casos você não deverá ter problemas de compatibilidade.

Entretanto, antes de adotar um sistema de 64 Bits, verifique se seu processador é compatível: todos os modelos das famílias Athlon II (X2, X3, X4 ou XLT), Athlon 64, Opteron e Turion 64, da AMD, e Pentium D, Pentium Extreme Edition, Core 2, Core i3, Core i5 e Core i7, da Intel, já são processadores de 64 Bits.

Leave a Reply