Heidelberg comemora sucesso das Speedmaster XL 145 e 162

Alemanha, França, Itália e Estados Unidos lideram as vendas deste tipo de equipamento

[singlepic id=4 w=320 h=240 mode=web20 float=center]

Fonte: Site Revista Publish

A Heidelberg anunciou recentemente que desde que foram lançadas, na Drupa 2008, cerca de 30 impressoras nos formatos 145 e 162 já foram vendidas em todo o mundo. “Estamos orgulhosos de ter atingido esse sucesso com as impressoras de formato muito grande para o segmento de embalagem, que é tão importante para nós estrategicamente”, comemora o CEO da Heidelberg, Bernhard Schreier. Prova deste sucesso é o novo investimento de um dos grupos norte-americanos mais importantes na área de embalagem, que comprou recentemente a sua segunda Speedmaster XL 162.
Read the rest of this entry »

CIP3, CIP4, PPF, JDF.O que significa essa sopa de letrinhas?

[singlepic id=3 w=320 h=240 float=center]

Escrito por Kesler Santos
Seg, 26 de Outubro de 2009

Elas estão por trás da redução dos tempos de setup e dos erros no processo de produção.

A sigla CIP3 significa Coo­pe­ra­tion for the In­te­gra­tion of Prepress, Press and PostPress e representa uma as­so­cia­ção de empresas organizada em 1985. Pos­te­rior­men­te, esse grupo passou por mudanças e teve seu nome alterado para CIP4. Naquele ano, alguns dos prin­ci­pais desenvolvedores de tecnologia resolveram unir forças para ­criar um formato padrão de arquivo que pudesse ser utilizado para a troca de informações entre pré-​impressão, impressão e acabamento. A ­ideia era que esse formato passasse a ser usado por todas as empresas do grupo e, desse modo, facilitasse a implementação de um novo padrão de trabalho e de novos sistemas que pudessem apro­vei­tar, ao máximo, recursos que a tecnologia já disponibilizava. O formato de arquivo padronizado foi o PPF (Print Pro­duc­tion Format). Esse formato, mui­to utilizado até hoje, permite a transmissão, desde a pré-​impressão até as fases pos­te­rio­res de produção, de dados dos aplicativos de montagem eletrônica, tais como formato do papel, espessura, área de mancha para o pré-​entintamento, marcas de au­tor­re­gis­tro, po­si­cio­na­men­to da tira de controle de densidade e dados de dobra e corte. Para tanto, é necessário que os equipamentos de impressão e de acabamento sejam com­pa­tí­veis com essa tecnologia, de modo a poder receber os dados e utilizá-​los no pré-​ajuste de cada trabalho a ser executado. Read the rest of this entry »

As 10 Melhores Gráficas do Brasil Publish 2009

Conheça os vencedores da edição deste ano do prêmio promovido pela revista Publish

[singlepic id=2 w=320 h=240 mode=web20 float=center]

Por Flavius Deliberalli

Nesta reportagem especial, a revista Publish conta um pouco da história e mostra, entre outras coisas, como as empresas vencedoras da sexta edição do Prêmio Top 10 Graphic´s Awards Publish equipam seus parques gráficos para deixar seus clientes cada vez mais tranquilos e satisfeitos na hora de escolher um fornecedor de impressos de qualidade. Confira ainda depoimentos dos vencedores, estimativas para o ano que vem e imagens da entrega dos certificados.

A equipe da Publish parabeniza os vencedores de 2009 e agradece aos profissionais que responderam à pesquisa exercendo papel fundamental ao atender nossas solicitações com muita receptividade e cordialidade, contribuindo de maneira singular com nosso objetivo de estreitar relacionamentos, reconhecer e premiar as empresas mais lembradas do setor e de projetar melhorias no mercado gráfico nacional.

Vale ressaltar que a pesquisa que aponta as empresas consideradas “Top 10” é baseada nos quesitos preço e qualidade do produto, prazo de entrega, assessoria técnica e atendimento comercial, e é respondida por profissionais que solicitam os serviços às gráficas, que expressam sua opinião de maneira totalmente livre, sem nenhum tipo de indicação ou indução por parte dos entrevistadores. Desta maneira, a revista Publish atua apenas como porta-voz do mercado.

Leia a matéria completa na edição impressa (Publish 104)

InDesign Conference 2009

foto(4)

O evento aconteceu dia 26 e 27 de novembro no qual participei. Por sinal de ótima qualidade abrangendo assuntos de todos interesses no InDesign, estilos de texto, trabalhando com xml, dados variáveis, fechamento no indesign entre outros assuntos.
Read the rest of this entry »

Tags: ,

Pantone: uma marca que vai além

3253pantone_swatch

Fonte: Site Revista Publish
Por Marcelo Tomaz

Se tem uma coisa que eu gosto, é quando as marcas extrapolam o seu universo de atuação e tornam-se referências em outros nichos. A Pantone há tempos vem estimulando designers do mundo todo a criarem produtos, tendo como tema a sua marca. Esta é uma estratégia que aumenta muito a sua presença no cotidiano das pessoas, não só de uma forma comercial, como também conceitual, posicionando a empresa com uma imagem de vanguarda, modernidade e um toque de jovialidade.

Os produtos desenvolvidos abrangem uma grande diversidade de itens, que vão desde bolsas, canecas, mobiliários, peças de vestuário, pins, até produtos alimentícios, como panetones. Eis aqui uma lacuna aberta para mais uma daquelas belas sacadas usando trocadilhos, Pantone x Panetone, hein, hein? E não é que desta vez eu gostei.
Read the rest of this entry »

Dados variáveis no InDesign

1135358979_impressaodadosvariaveis

Verifique o link abaixo, uma ótima apostila com algumas dicas de como usar o data merge no InDesign.

http://issuu.com/suelenvp/docs/howto_dadosvariaveis

ECRM e Agfa fecham parceria para a América Latina

29ctp

Fonte: Site revista Publish

A Agfa passará a comercializar os CtPs da ECRM na região.

Graças a uma parceria feita recentemente entre as duas companhias, a Agfa passará a comercializar os CtPs da ECRM em toda a América Latina.

“Para muitas empresas do setor gráfico, a maior disponibilidade de chapas violetas para sistemas CtP atende uma necessidade crítica. Assim, elas conseguirão aproveitar os importantes benefícios ecológicos e econômicos gerados por uma produção computer-to-plate com laser violeta”, afirma o gerente de negócios para a América Latina da ECRM, Ed Millhorn.
Read the rest of this entry »

Tags: , , , ,

FSC Conselho de Manejo Florestal

fsc

Conselho de Manejo Florestal (português brasileiro) ou Conselho de Gestão Florestal (português europeu) (Forest Stewardship Council em inglês – FSC) é uma organização não governamental que atua de forma independente e sem fins lucrativos, criada no final da década de 1980, por iniciativa de algumas instituições e pela pressão da sociedade européia, que estava preocupada com o avanço da destruição das florestas tropicais pelo mundo.

Esses grupos eram formados por entidades ligadas ao mercado consumidor, movimentos sociais e da sociedade civil, também teve a contribuição de ONGs ambientalistas.
Read the rest of this entry »

Tags: ,

A Norma ISO 12647

12647

Fonte: Site Revista Publish
Norma aprovada recentemente gera dúvidas no mercado gráfico
Por Bruno Mortara

A Norma Internacional ISO 12647-7 foi aprovada e assim que entrar em vigor entrará em revisão. É muita celeuma para uma pobrezinha que nasceu há tão pouco tempo!

Esta norma contém os requisitos para a confecção de provas de dois tipos: uma delas chamada de Prova Contratual, com tolerâncias mais restritas, e a outra chamada de Prova de Validação. Os requisitos e tolerâncias são bem menores para a Validação em relação à Contratual.

Alguns países, após calorosos debates, sugeriram transformar o modo de Validação em norma, como ISO 12647-8. A prova de Validação é uma prova que não atende aos quesitos de um contrato comercial, porém é boa o suficiente para ser produto comercial. Enquanto uma prova tem algo a provar, um impresso não tem a função de provar nada, somente de funcionar como objeto midiático de comunicação.
Read the rest of this entry »

Tags: , , ,

Novo Express Rip Harlequim 8.0

top

Fonte: Povareskim
O novo Express Rip Harlequin 8 conta ainda com um completo mecanismo de produção, bem como uma interface gráfica para o usuário interagir de forma rápida e prática na produção do dia-a-dia.

Com o novo Compose Express RIP Harlequin 8 os trabalhos serão processados com o sistema Multi Threaded (utilizando as tecnologias Duo e Quad Core dos processadores), tão rápidos, que seus dispositivos de saída (CTP, imagesetter, laser colorida, P&B, jato de tinta entre outros) jamais ficarão parados.
Read the rest of this entry »

Tags: ,