Adobe esta na lista das 100 Melhores Companhias para Trabalhar

netapp_logo

Adobe Systems Incorporated (Nasdaq: ADBE) anuncia que está classificada em 11º lugar no ranking das melhores empresas para trabalhar, segundo pesquisa elaborada anualmente pela revista Fortune. É o décimo ano que a Adobe integra essa lista.

Na pesquisa de 2009, a Adobe figura entre as principais empresas do setor de alta tecnologia e, nas subcategorias de médias empresas da FORTUNE (entre 2.500 e 10.000 empregados), a Adobe subiu do 12º lugar em 2008 para alcançar a segunda posição neste ano. Além disso, a empresa também está posicionada em 10º lugar entre as que oferecem os maiores salários. O ranking completo e outras notícias relacionadas ao tema estão disponíveis em www.fortune.com e também na edição impressa da revista Fortune que está circulando no mês de fevereiro. “A Adobe sente-se honrada por fazer parte novamente desse ranking”, afirmou Donna Morris, vice-presidente sênior de recursos humanos da Adobe. “Em tempos de incerteza econômica mundial, o nosso compromisso em manter a Adobe como um ótimo local para trabalhar é constante e essa classificação é uma mensagem direta de entusiasmo para nossos funcionários sobre o desenvolvimento das suas carreiras na empresa.”

A Adobe tem aproximadamente 7.000 funcionários em seus escritórios ao redor do mundo, incluindo as Américas, Europa, Japão e Ásia-Pacífico. Mais da metade dos trabalhadores da Adobe localizam-se nos Estados Unidos. A empresa está sediada em San Jose, Califórnia, e possui escritórios de pesquisa e desenvolvimento em outras cidades da Califórnia como Sacramento, São Francisco e Santa Rosa, bem como em Seattle, Boston e Arden Hills, além de uma ampla rede de escritórios de vendas.

No total, 353 empresas nos Estados Unidos, concorreram a um lugar no ranking das “100 Melhores Empresas para Trabalhar”. Dois terços da pontuação é baseado em uma pesquisa de 57 perguntas criadas pelo Instituto Great Place to Work, uma empresa global de consultoria e pesquisa com afiliadas em todo o mundo. A Revista FORTUNE pesquisou um mínimo de 400 trabalhadores selecionados aleatoriamente em cada empresa. O último terço da pontuação é baseado nas respostas das empresas ao questionário “Culture Audit”, que inclui perguntas sobre dados demográficos, salários e programas de benefícios, além de questões abertas sobre a filosofia e comunicação da empresa.

Tags: ,

Leave a Reply