Suitcase Fusion 2

A Extensis anunciou hoje o lançamento do seu mais conhecido produto entre os colegas da turma de design: o gerenciador de fontes Suitcase Fusion 2.

Quem trabalha com editorial, impressos e afins — desde a criação à finalização dos arquivos na gráfica — sabe a importância de ter um bom gerenciador de fontes: agiliza o processo criativo e nos poupa do famoso “iiiih, deu pau na fonte!”.

Sendo assim, dois bons gerenciadores de fontes disputam a atenção do mercado: o Suitcase Fusion e o Linotype FontExplorer. O melhor deste último é o preview matador das fontes (além de ser um software grátis); já o do Suitcase Fusion é a perfeita integração e estabilidade com o sistema operacional. Mas ainda faltava algo…

A Extensis acrescentou tantas funcionalidades no Fusion 2 que agora fica difícil saber o que ainda falta, exatamente — ou vamos dizer que ficou perfeito? Não, não, mas foi uma repaginada e tanto! Começando pela interface (alguém aí pensou no Linotype? Foi uma leve inspiração?) mais moderna e com melhor navegabilidade entre as famílias e suas variedades: principalmente a mudança da posição do Preview Pane, da lateral para abaixo da lista de fontes.
Parece o outro, mas é o Suitcase Fusion 2!

Parece o outro, mas é o Suitcase Fusion 2!

Para ajudar na escolha e na comparação, esta nova versão permite pré-visualizações múltiplas de fontes, além de trazer a Glyph View, que permite ver todos os glifos da fonte selecionada. A ferramenta Floating Preview permite que os previews da fonte sejam arrastados para dentro de um layout, facilitando a decisão entre essa ou aquela fonte.

Os plugins de ativação automática já apresentam suporte para funcionar em programas como InDesign (já compatível com o CS4, além do CS3) e QuarkXpress 8 e 7, usando o Font Sense, que cria uma ID única para cada fonte — como uma digital individual, agilizando o processo de produção.

O Suitcase Fusion 2 foi totalmente construído em cima do Mac OS X Leopard, então, por enquanto, ele só está disponível para usuários da Apple (uma pena, porque esse programa é tão bom que todo mundo deveria poder usar – os bureaus agradecem). O custo para a compra do software, por download, fica em US$100 — versão completa — ou US$50, para quem vai fazer o upgrade da geração 1.x.

Os interessados na maleta ainda levam o Font Doctor 7, software da Extensis que realiza uma varredura no sistema e diagnostica toda as fontes do Mac: as corrompidas, que valem ser tratadas; as que nem adianta mexer; e as (tão conhecidas) duplicadas. É um daqueles programas que você usará uma vez por ano, mas ajudará (e muito!) a manter suas fontes prontas pra qualquer projeto.

Fonte: MacMagazine

Tags: ,

Leave a Reply